lft-logo

Núcleo Interdisciplinar de Meio Ambiente (NIMA)

Título Código Dataordem decrescente Descrição
XVI Semana do Meio Ambiente _

Além de palestras e mesas-redondas, houve um barracão de trocas, intervenções e shows musicais, com o objetivo de plantar, na comunidade da PUC, a semente da consciência ambiental, fazendo com que todos conheçam e ajudem a aprimorar a Agenda Ambiental, organizada pelo Núcleo Interdisciplinar de Meio Ambiente (NIMA).

Nos debates foram tratados os temas: Universidades Sustentáveis; Economia, Direitos Humanos e Meio Ambiente; Impactos de Grandes Eventos nas Cidades; Cidade, Meio Ambiente e Conflitos Socioambientais; O Desafio da Gestão de Unidades de Conservação; Experiências de Participação Popular; Ocupação Urbana da área do PEU das Vargens no Rio de Janeiro; Impactos Ambientais de Empreendimentos Rodoviários; Museu do Meio Ambiente do Jardim Botânico do Rio de Janeiro; Importância de Ações de Voluntariado para o Meio Ambiente; Projeto Guairá; Casa Viva; Vórtex do Pacífico; Panorama Energético do Brasil; Sustentabilidade e Educação; Comunidades Tradicionais e Meio Ambiente; Espaço Escolar e Meio Ambiente; Causos, Contos e Reencontros sobre as Contribuições Kilombolas ao Arsenal Terapêutico Brasileiro.

II Encontro da Rede de Homólogos de Ambiente e Sustentabilidade na PUC-Rio _

O objetivo do encontro foi discutir temas fundamentais sobre o ambiente e sustentabilidade, a fim de analisar a resposta das universidades participantes e seus avanços nos projetos ambientais. Seminário organizado pelo Núcleo Interdisciplinar de Meio Ambiente (NIMA) e pela Associação de Universidades Confiadas à Companhia de Jesus na América Latina (AUSJAL). Participaram, entre outros, representantes da ONU e da WWF. O Reitor Prof. Pe. Josafá Carlos de Siqueira S.J., abriu o evento, realizado no Auditório do RDC.

Inauguração da Estação Experimental de Conservação e Manejo da Mata Atlântica (EECMMA) _

Um local onde é possível experimentar métodos de recuperação de áreas degradadas e monitorar processos erosivos. Trata-se de um laboratório vivo de sistemas naturais, instalada próxima ao Solar Grandjean de Montigny. A EECMMA contempla três linhas de trabalho. A primeira é voltada para a ecologia de serrapilheira, camada de matéria orgânica em diferentes estágios de decomposição, que trata da funcionalidade das plantas. Uma outra vertente refere-se ao estudo dos processos erosivos do solo e ao manejo agroflorestal, que inclui a produção de mudas nativas da Mata Atlântica em viveiros e a recuperação de áreas degradadas. A terceira é voltada para a educação ambiental com as escolas do entorno da Universidade.

Projeto Jornadas Ecológicas em Acari _

200 crianças participaram do evento na Vila Olímpica Clara Nunes, que tem co-gestão da PUC-Rio, na Fazenda Botafogo, em Acari, Zona Norte do Rio de Janeiro. As crianças eram alunas das escolas municipais Ana Maria Cristina Marques Ribeiro e Thomaz Jefferson, contempladas pelo Projeto no primeiro semestre deste ano. Coordenado pelo Nima, o Jornadas Ecológicas levou os alunos ao Bosque da PUC-Rio. Eles tiveram aulas de meio ambiente, e ficaram conhecendo a vasta diversidade de plantas e árvores do campus. Antes disso, professores receberam capacitação. 1.500 árvores foram plantadas no bairro de Acari e 80 na Vila Olímpica.

Abertura da Semana Arquidiocesana do Meio Ambiente _

Com a presença do Arcebispo do Rio de Janeiro e Grão-Chanceler da PUC-Rio, Cardeal Dom Orani João Tempesta, O. Cist.. Na ocasião, foi divulgado o lançamento da nova campanha de coleta de lixo das Igrejas do Rio de Janeiro, com coletores doados pela PUC-Rio.

Amianto, a Fibra que Mata _

Palestra com a presença de Fernanda Gianasi, da ABREA, do advogado Leonardo Amarante (ABREA-RJ) e do Prof. João Gabriel Lopes, da UNIFACS. Evento organizado pelo Núcleo Interdisciplinar de Meio Ambiente e pelo Departamento de Direito.

Exibição dos documentários Hidrelétricas do Tapajós e Um Rio em Disputa _

Após a exibição, houve debate com o Prof. Eduardo Pegurier (DAU) e com o fotógrafo e videomaker Márcio Isensee, que participou dos dois documentários. Evento organizado pelo NIMA e pelo Departamento de Direito.

Seminário Internacional Direito Ambiental no Início do Século XXI _

O seminário teve como tema central as perspectivas para a proteção do meio ambiente e o estágio atual do direito ambiental no mundo. O encontro celebrou a assinatura de convênios entre a PUC-Rio e universidades dos Estados Unidos e Austrália.

Programação: assinatura do convênio entre a PUC-Rio e as universidades norte-americanas Geórgia State University, Florida International University, Seattle University e Pace University, e a australiana Macquarie University; o prof. Guilherme José Purvin de Figueiredo, da Universidade São Francisco (USF), falou sobre Proteção do meio ambiente e advocacia pública; o prof. Clin Crawford, da Geórgia State University, apresentou A segunda geração do direito ambiental nos Estados Unidos da América; Perspectivas do direito ambiental na França foi apresentado pelo prof. Michel Prieur, da Université de Limoges, França; Antonio Herman Benjamin, do Ministério Público de São Paulo, apresentou Perspectivas do direito ambiental na Austrália/Oceania; os professores Michael Jeffery e Donna Craig, da Macquarie University,  Austrália, falaram sobre as Perspectivas do direito ambiental na União Européia; a profa. Mary Sancy, da Université d’Arlon, Luxemburgo, abordou Perspectivas da proteção do direito ambiental na União Européia; o prof. David Cassut, da Pace University, EUA, tratou das Perspectivas do direito ambiental nos Estados Unidos da América; o prof. Paulo Affonso Leme Machado, da Universidade Metodista de Piracicaba, SP, discorreu sobre o Direito Ambiental Brasileiro: Cidadania e Poder Público.

Seminário Mudanças Climáticas: Uma Abordagem Multidisciplinar _

Estiveram presentes o Vice-Reitor pe. Josafá Siqueira S.J., o diretor do Departamento de Direito, prof. Adriano Pilatti, e o diretor do Núcleo Interdisciplinar de Meio Ambiente (NIMA), prof. Luiz Felupe Guanaes. As palestras foram dadas pelo sociólogo Sérgio Abranches, pela advogada Joana Chiavari e pelo jornalista André Trigueiro.

XXV Semana do Meio Ambiente _

O tema desse ano foi Visões da Amazônia, com palestras, exibição de filmes e oficinas de reciclagem.

Encontro para discutir os retrocessos socioambientais no país _

Organizado pelo Departamento de Direito, o NIMA-JUR e a Associação de Professores de Direito Ambiental do Brasil (APRODAB).

Posse dos conselheiros e coordenadores do Núcleo Interdisciplinar de Meio Ambiente (NIMA) _

Foram empossados nove conselheiros,  representando o CTC, o CCS e o CCBS, e três coordenadores.

II Jornada de Processo Coletivo _

Programação: palestra Inaugural O dano moral extrapatrimonial, pelo ministro Luiz Fux; A presunção da Lesividade ambiental das atividades econômicas e seu reflexo no processo civil, com o prof. Marcelo Abelha; A Legitimidade nas ações coletivas ambientais, com o prof. Guilherme Purvin de Figueiredo; O papel da defensoria pública na tutela coletiva ambiental, pela defensora pública Élida Séguin; Aspectos constitucionais da tutela coletiva ambiental, com o prof. Celso Antonio Pacheco Fiorillo; Compromisso de ajustamento de conduta e a proteção do meio ambiente, com o procurador da Justiça Pedro Elias Sanglard; Tutela de urgência e tutela específica nas ações coletivas ambientais, pelo prof. Marcelo Buzaglo Dantas; palestra de encerramento Avanços e perspectivas da tutela coletiva ambiental, com o desembargador José Carlos Barbosa Moreira; ao final, Homenagem ao prof. José Carlos Barbosa Moreira.

Reunião da Rede de Homólogos de Ambiente e Sustentabilidade da AUSJAL _

O Núcleo Interdisciplinar de Meio Ambiente (NIMA) da PUC-Rio coordenou a reunião presencial da Rede de Homólogos de Ambiente e Sustentabilidade da Associação de Universidades Confiadas à Companhia de Jesus na América Latina (AUSJAL). O evento apresentou o detalhamento e o balanço geral do que já foi conquistado em relação à gestão sustentável nos campi e discutiu as diretrizes para a ação de 2018 a 2024. Amazônia: novos caminhos para a Igreja e por uma ecologia integral foi um dos assuntos discutidos, depois de ter sido estabelecido pelo Papa Francisco como tema da assembleia especial do Sínodo dos Bispos para a Pan-Amazônia, programada para outubro de 2019.

Seminário Crise Climática e Desafios Jurídicos _

Foram realizados debates sobre as mudanças climáticas, além do lançamento do livro Litigância Climática: Novas Fronteiras para o Direito Ambiental no Brasil, das advogadas Amália Botter Fabbri, Joana Setzer e Kamyla Cunha. Evento organizado pelo Departamento de Direito e pelo NIMA.

Advocacia Popular: Prática e Reflexão _

O encontro debateu o exercício da advocacia voltado para movimentos sociais. A discussão reuniu a advogada Raphaela Lopes, da organização de direitos humanos Justiça Global, a advogada popular Maira de Souza Moreira e o integrante do Fórum Capixaba em Defesa do Rio Doce, Gabriel Vicente Riva. Evento organizado pelo Núcleo Interdisciplinar de Meio Ambiente e pelo Departamento de Direito.

Palestra Campo de Golfe da Barra: Uma Polêmica Olímpica _

O debate foi promovido pelo NIMA-Jur e pelo Centro Acadêmico de Biologia, com a participação de Richieri Sartori (consultor ambiental) e do Grupo de Apoio Técnico Especializado do Ministério Público.

Congresso internacional Biocombustíveis e a Promessa de Energia Sustentável _

Organizado pelo Nima-Jur, em parceria com a Pace University of Law, de Nova York. O encontro teve, entre outros participantes, a presença de Antônio Herman Benjamim, ministro do STJ, e de Richard L. Ottinger, reitor emérito da Pace.

Roda de conversa A Importância da Sustentabilidade para o Cuidado com a Casa Comum _

O objetivo foi discutir a encíclica Laudato Si’, do Papa Francisco, e o cuidado com o planeta. O encontro teve a presença de Melissa Casacchi e Roosevelt Fidelis, ambos do NIMA, e mediação de Bruno Albuquerque, doutorando em Ciência da Religião.

Workshop e Seminário sobre Sustentabilidade e Celeridade no Controle de Agrotóxicos _

O Workshop, em que foram discutidas as propostas para o aumento da eficiência no controle de agrotóxicos, foi realizado na Estação Ecológica do NIMA na PUC-Rio.

Páginas