lft-logo

Solar Grandjean de Montigny – Museu Universitário

Título Código Dataordem crescente Descrição
Exposição Ser Carioca da Gema - FotoRio 2015 _

Em comemoração dos 450 Anos do Rio de Janeiro, com curadoria de Marco Antônio Portela, realizada no Solar Grandjean de Montigny.

Início das obras de restauração do Solar Grandjean de Montigny _

As obras de restauração do Solar Grandjean de Montigny foram iniciadas. O projeto de restauração está sob a coordenação do Escritório Modelo de Arquitetura e Design da PUC-Rio.

Exposição Coletiva X4 mostrou interferências no Solar Grandjean de Montigny _

Com os artistas Fabio Scaglione, Maria Fernanda Lucena, Piti Tomé e Victor Mattina. A exposição fez parte da comemoração dos 200 anos da chegada da Missão Francesa ao Brasil. 

Exposição Viventes _

Com obras da fotógrafa Marian Starosta e curadoria de Eder Chiodetto. Instalação construída a partir de histórias orais, retratos e do contexto em que vivem até o hoje os sobreviventes do holocausto que vieram morar no Brasil. Exposição realizada no Solar Grandjean de Montigny.

Inauguração da exposição Solar: Acervo - Obras em Obras _

Depois da Assembleia Universitaria, os presentes participaram de confraternização e da abertura da exposição Obras em obras, que mostrou aos visitantes parte do acervo que o Solar Grandjean de Montigny - Museu Universitário da PUC-Rio recebeu como doação nos últimos 30 anos. Algumas dessas obras precisam de restauração. Para que os quadros possam ser restaurados e apresentados como merecem, a exposição foi também um convite a todos para participar do financiamento coletivo da restauração dessa coleção.

Exposição Três En Cantos _

Obras da Profa. Djenane Pamplona (MEC), sob curadoria da Profa. Piedade Grinberg, com gravuras criadas em metal e madeira, além de fotografias. Realizada no Solar Grandjean de Montigny.

Exposição Gávea: Território de Diversidades, Morada de Contradições _

A exposição foi o resultado do trabalho conjunto das equipes do Solar Grandjean de Montigny/Museu Universitário da PUC-Rio e do Instituto Moreira Salles e teve como proposta, por meio de imagens, tomar o bairro da Gávea como um indício da rica e complexa dinâmica social da cidade do Rio de Janeiro.

Exposição Paisagem em Comum _

Fotografias de Monica Mansur. Realizada no Solar Grandjean de Montigny.

O Solar Grandjean de Montigny é transformado em Centro Cultural da Universidade _

O Centro Cultural da PUC-Rio, "Centro de informação artística e animação cultural", é instalado na antiga residência do arquiteto francês Grandjean de Montigny, hoje parte do campus da PUC-Rio. Fora restaurado com o apoio do IPHAN, Funarte e Fundação Roberto Marinho.

A exposição de abertura foi Uma cidade em questão I: Grandjean de Montigny e o Rio de Janeiro.

Realização da Photomostra 81 _

Realizada no Solar Grandjean de Montigny, com participação de 60 alunos da PUC-Rio, exibindo 130 fotos. Iniciativa do Centro Universitário de Fotografia (CUF), como parte do projeto Universidade 80, com apoio da FUNARTE.

Exposição Um esforço de preservação do meio-ambiente, Burle Marx _

Com o apoio do Instituto Cultural Brasil-Alemanha e do Banerj. Exposição de fotografias, maquetes, plantas e projetos do paisagista Roberto Burle Marx.

Exposição Arquitetura de Terra _

Realizada no Solar Grandjean de Montigny, a exposição teve o patrocínio do Centro Cultural Francês, do Instituto dos Arquitetos do Brasil, da Secretaria do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e do centro Georges Pompidou, de Paris.

Show de jazz no Solar Grandjean de Montigny _

O evento fez parte da programação do COMUNIPUC, projeto de integração docente que ocorre mensalmente às quintas-feiras.

Exposição 100 Anos de J. Carlos _

Exposição e lançamento do catálogo em homenagem aos 100 Anos de J. Carlos - desenhista e caricaturista que nasceu em junho de 1884, falecido em 1950 no Rio de Janeiro, organizada pela equipe do Solar Grandjean de Montigny e FUNARTE/Instituto Nacional de Artes Plásticas.

A mostra no Solar apresentou originais cedidos pela família desse artista e também textos biográficos e documentários baseados nas pesquisas das historiadoras da arte Irma Arestizábal,  Piedade Epstein Grinberg, Maria Cecília Miranda, Tude Oswald e André D'Orsi Alves.

Inauguração da Biblioteca Irma Arestizábal no Solar Grandjean de Montigny _

A Biblioteca Irma Arestizábal é integrada à Biblioteca Central e reúne uma coleção especial de livros sobre Arte e História da Arte. A profa. Irma Arestizábal foi a segunda diretora do Solar, responsável pela estruturação dessa biblioteca.

Exposição A Vida e a Arte da Madeira do Brasil _

Realizada pelo Solar Grandjean de Montigny juntamente com o DAM (Centro de desenvolvimento das aplicações das madeiras do Brasil). Foram exibidos móveis feitos com destroços da Mata Atlântica e projetos, protótipos, maquetes e modelos da nova arquitetura brasileira em madeira.

Exposição Affonso Eduardo Reidy _

Exposição e livro-catálogo sobre o arquiteto Affonso Eduardo Reidy organizada pelo Solar Grandjean de Montigny com o apoio da João Fortes Engenharia, Formiplac e FINK. A pesquisa foi iniciada em 1982, com o levantamento e catalogação do material existente no arquivo da engenheira Carmem Portinho, esposa de Reidy.

Criação do Núcleo Atlantic de Vídeo no Solar Grandjean de Montigny _

O projeto visava a produção e exibição de vídeos e a criação de uma videoteca na PUC-Rio. A inauguração teve uma retrospectiva da produtora Olhar Eletrônico e uma performance de Fausto Fawcett e os Robôs Efêmeros.

Exposição Morada Carioca - Grandjean de Montigny e o Solar da Gávea _

Exposição sobre a obra de Grandjean de Montigny, em particular o Solar, com imagens dos projetos de Grandjean, realizados na cidade do Rio de Janeiro ou apenas projetados, e imagens de trabalhos de outros membros da Missão Francesa. Parte da programação da Conferência Rio-92.

Exposição Brinquedo: mensageiro das infâncias _

Realizada no Solar Grandjean de Montigny, a exposição Brinquedo: mensageiro das infâncias apresentou aos visitantes o acervo de brinquedos e objetos lúdicos artesanais criados no âmbito dos projetos Rede brincar e aprender e Centro de cultura e educação lúdica da Rocinha, desenvolvidos pelo Centro Internacional de Estudos e Pesquisas sobre a Infância (CIESPI) em parceria com profissionais e articuladores da educação e da cultura de diferentes comunidades do Estado do Rio de Janeiro.

Páginas