lft-logo

Departamento de Sociologia e Política (SOC)

Título Código Dataordem crescente Descrição
O Instituto de Estudos Políticos e Sociais inicia a publicação de livros _

O Pe. Fernando Bastos de Ávilla, S.J. era o diretor responsável. O curso regular do Instituto foi iniciado em março deste mesmo ano.

Ciclo de De­bates Cultura, política e consciência negra no Brasil _

Pro­movido pelo Departamento de Sociologia e Política em con­junto com o Planetário da Cidade do Rio de Janeiro. Como parte do ciclo, o Planetário exibirá o filme Ganga Zumba, de Cacá Diegues, e os vídeos Anastácia e Dona Marta.

O Questionamento da Modernidade por Bruno Latour _

Seminário de Estudos - Teorias Sociais e Contemporâneas. Palestrantes: prof. Marcelo Burgos (SOC) e prof. Sérgio Carrara (UERJ).

Publicação do 1º Número da revista SPES - Síntese Política, Econômica e Social _

Distribuição do 1º Número de SPES - Síntese Política, Econômica e Social, revista de informação e doutrina do Instituto de Estudos Políticos e Sociais. O diretor responsável era o Pe. Fernando Bastos de Ávila  S.J..

Semana de Ciências Sociais - O Estado e os movimentos sociais de 64 a 89 _

O professor Carlos Henrique Escobar e a antropóloga Lélia Gonzalez polemizaram sobre a psicanálise e a posição da mulher na sociedade, abordando a questão do preconceito. Januário Garcia e Rose Marie Muraro discutiram sobre o preconceito que persegue também o movimento negro e o feminista. Lizt Vieira chamou a ecologia de anticapitalista e antisocialista: “É utópica”, disse. A democracia participativa, a Revolução Sandinista, foi o tema da cientista política Maria Helena Moreira Alves, e Rachel Gutierrez afirmou que sua luta visa mudar o conceito de poder, enquanto o professor Elmer Corrêa Barbosa afirmava que “somos todos cooptantes”. Silvio Tendler concluiu: “Na verdade quem continua pagando a conta somos nós”. [adaptado de Jornal da PUC, ano III, num. 20, p. 5]

6ª Comemoração da Consciência Negra na Universidade _

Programação: abertura com a companhia de teatro Black e Preto - peça Botija de ouro; exibição do documentário Zumbi e os Quilombos, de Nelson Rodrigues Filho; apresentação de maculelê - grupo Quilombo dos Palmares e crianças da comunidade de Acari; mesa-redonda sobre O negro na virada do milênio, com Carmen Tereza Gabriela, Rosália de Oliveira, Sônia Giacomini, Edson Borges e Nelson Silva de Oliveira; grupo de rap GBCR; oficinas Bonecas Afro Abaiomy, Racismo e Legislação e Estética; encerramento com Show acústico do grupo de rap Cabeça de Nêgo.

V Congresso Internacional da Federação das Universidades Católicas _

Realizado na Casa de Retiro Anchieta, com a participação de 40 reitores de todo o mundo. A PUC-Rio aproveitou a presença dos participantes do evento e promoveu um fórum com o tema Humanismo e Desenvolvimento Econômico.

Segunda etapa do colóquio A Razão _

Palestra como tema Brasil, com o prof. Dráuzio Gonza­ga (PUC-Rio) e Vicente Barreto (Fundação Casa de Rui Barbosa); Ciências Humanas, com o prof. Leandro Konder (EDU), o prof. Reginaldo di Piero (SOC) e Luiz Eduardo Soares; Comunicação Social, com o prof. Muniz Sodré (UFRJ) e o prof. Everardo Rocha (COM).

Debate Transporte público e direito à cidade _

O debate Transporte público e direito à cidade, realizado na sala F-300, foi organizado pelo Departamento de Sociologia e Política e tratou do projeto de implantação da linha 4 do Metrô. Teve a participação dos Professores Luiz Werneck Vianna (SOC), Luciana Lago (IPPUR/UFRJ), Maria Alice Rezende de Carvalho (SOC), Pedro da Luz (UFF), Otávio Leonídio Ribeiro (ARQ), Augusto César Pinheiro da Silva (GEO), Marcelo Burgos (SOC) e de Jorge Barbosa (Observatório das Favelas), Carlos Frederico Saturnino (Ministério Público/RJ), Marcia Vera de Vasconcelos (FAM/Rio), Maria Amélia Crespo (AMAGAVEA) e Ricardo Laffayete (Movimento Metrô Linha 4 que o Rio Precisa).

Por um Futuro sem Exclusão: Estado, Sociedade e Cidadania _

Realizado no Auditório Padre Anchieta. Paineis: Um Novo Tempo sem Exclusões, com o prof. pe. Fernando Bastos de Ávila S.J., o prof. Cristovam Buarque e o prof. Hélio Jaguaribe; Mensuração, Diagnósticos e Percepções , com o prof. Eduardo Raposo (CIS),  prof. Francisco Ferreira (ECO) e o prof. Miguel Pereira (COM); Políticas para o Bem Comum e a Contribuição dos Novos Atores, com a profa. Hedy Vasconcelos (EDU), o prof. Adriano Pilatti (JUR) e a profa. Ilda Lopes (SER).

Fundação do Núcleo de Economia e Sociologia Aplicadas (NESA) _

O NESA estava vinculado ao Instituto de Estudos Políticos e Sociais, e tinha como objetivo atender à procura de pesquisas econômicas e sociais de caráter geral, por entidades públicas ou particulares, e de "conferir ao IEPS um papel ativo na formulação científica de uma política econômica e social brasileira" (Anuário PUC-Rio 1960, p.149).

Semana Amefricana _

Promovido pelo Grupo de Estudos Amefricanos. Na programação realizada no Auditório do RDC, foi exibido o filme Egungun, de Carlos Brajsblat, o vídeo Goréia, o filme Ori, de Beatriz Nascimento, os filmes Espaço Sagrado e Iaô, de Geraldo Sarno, e o filme Capoeira, de Mário Carneiro. A profa. Lélia Gonzalez (SOC) falou sobre A antiguidade da cultura negra. Houve também uma roda de capoeira com Mestre Garrincha. Após cada filme houve debates com os diretores dos filmes.

Prêmio Nacional de Direitos Humanos _

A aluna Flávia Pinto, do Departamento de Sociologia e Política, recebeu das mãos da Presidente Dilma Rousseff o Prêmio Nacional de Direitos Humanos edição 2011, na categoria Diversidade Religiosa. A premiação é fruto do reconhecimento da luta da Babá de Umbanda em defesa das religiões de matrizes africanas no Rio de Janeiro, que ganhou notoriedade nacional a partir da sua participação como monitora do trabalho de campo e articulações políticas do projeto Mapeamento das casas de religiões de matrizes africanas no Rio de Janeiro (NIREMA/NIMA/PUC-Rio - SEPPIR/PR), sob a coordenação das Professoras Denise Pini Rosalém da Fonseca (SER) e Sonia Maria Giacomini (SOC).

Workshop Technoscience and the Building of a Virtual Society _

O palestrante é o prof. Timohy Lenoir, do Departamento de História da Ciência da Stanford University. Com os temas Understanding Technoscience: Semiotics, History and Politics; Virtual Medicine and Social Relations e Virtual Reality Comes of Age. Organizado pelos Departamentos de Letras, Informática, Sociologia e Política e pelo Instituto Gênesis.

Reconhecimento oficial da Escola de Sociologia e Política _

Decreto 49.320. A Escola de Sociologia e Política estava ligada ao Instituto de Estudos Políticos e Sociais e era dirigida pelo pe. Fernando Bastos de Ávila S.J..

Seminário A Crise do Mundo Contemporâneo _

Realizado na sala do Conselho Universitário. Com a presença de professores da Universidade de Florença: Sérgio Caruso, falou sobre A crise das ideologias e o debate sobre o marxismo; Alessandro Pagnini sobre Da crise da razão ao filosofar pudico: momen­tos do debate filosófico dos anos 80; Pietro Roggi sobre A crise econômica: a Europa unida e a Itália; e Giorgio Luti sobre Crise da representação — o romance moderno”.

Criação da Pós-Graduação Lato Sensu em Sociologia Política e Cultura _

Um dos principais objetivos do curso foi entender melhor o Brasil a partir da integração de perspectivas políticas e culturais, o que seria um diferencial a outras pós-graduações desse tipo. Os principais tópicos seriam Governança, Cidadania e Instituições Sociais, Democracia e Desigualdades Sociais e Cultura, Identidade e Novos Sujeitos.

Colação de grau da primeira turma de Sociologia _
Palestras sobre o Sistema Mundial de Comunicação de Massa _

O professor Enrique Gonzáles-Manet (Universidad de la Habana, Cuba) falou sobre A tecnologia e o futuro da cultura na América Latina. O professor Gabriel Niezen Matos (Universidad Nacional Mayor de San Marcos, Lima, Peru) falou sobre O Neocolonialismo na informação. Palestras realizadas no Salão de Vidro.

Fórum sobre Educação e Cidadania Afro-Descendente _

O foco principal do Fórum foi a política de ação afirmativa. A abertura teve o Reitor pe. Jesús Hortal S;J. e representantes do Consulado Americano. Programação: mesa A dinâmica das políticas de ação afirmativa nos Estados Unidos, com Phoebe Haddon (Temple University), Mac Margolis (revista Newsweek) e a profa. Angela Paiva (SOC); palestra Políticas de ação afirmativa na PUC-Rio: Reflexões sobre experiências concretas, com o Vice-Reitor Comunitário, prof. Augusto Sampaio, Frei David Raimundo Santos (Educafro) e a profa. Vera Candau (EDU); Políticas de inclusão para a cidadania afro-descendente, com Ubiratan Castro de Araújo (Fundação Cultural Palmares/MinC), profa. Márcia Contins (Uerj) e profa. Sônia Giacomini (SOC); Açâo afirmativa no Brasil: o desafio da prática, com a profa. Rosana Heringer (Ucam), Jaílson de Souza Silva (Centro de Estudos e Ações Solidárias da Maré) e prof. Marco Antônio Pamplona (HIS); Inclusão social e reserva de vagas: a experiência da Uerj, com a Nilcéa Freire, Reitora da UERJ, a jornalista Miriam Leitão (O Globo) e a profa. Carolina Melo (JUR).

Páginas