lft-logo

Departamento de Letras (LET)

Título Código Dataordem decrescente Descrição
Lançamento do Dicionário Cravo Albin de Música Popular Brasileira _

O Dicionário funciona on-line, e para sua existência foi muito importante a participação de professores da PUC-Rio. O lançamento ocorreu na Biblioteca Nacional (BN), em cerimônia presidida pelo Ministro da Cultura Gilberto Gil. O prof. Júlio Diniz, Coordenador de Pós-Graduação em Letras da PUC-Rio é também o Coordenador Geral de Pesquisa e Coordenador Técnico do projeto.

O dicionário, atualizado a cada quinze dias, disponibiliza cerca de 6.400 verbetes que vão desde gêneros musicais até críticos. O projeto do dicionário começou em 1995, quando Júlio, a profa. Rosa Marina de Brito Meyer (LET) e Ricardo Cravo Albin, fundador do Instituto de Cultura Cravo Albin (ICCA) e membro do Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro, decidiram criar um dicionário impresso de música. Em 2000, o Ministério da Cultura acrescentou seu apoio, através da BN. O projeto também teve apoio da Faperj.

Por que Machado de Assis? _

A palestra, ministrada pelo escritor Luiz Antônio Aguiar, apontou pontos relevantes da figura e da obra de Machado de Assis: sua biografia – o garoto do Morro dos Libertos que se torna um escritor internacionalmente cultuado.

Palestra com o compositor e cantor Moraes Moreira _

O artista falou sobre o Tropicalismo, a trajetória dos Novos Baianos, a música popular brasileira e sobre os seus livros A História dos Novos Baianos e Outros Versos, Sonhos Elétricos e O ABC de Jorge Amado. Evento organizado pelo Departamento de Letras.

Encontro de Prática Exploratória _

Parceria entre o Departamento de Letras, Secretaria Estadual de Educação, Conselho Britânico, Associação de Professores de Língua Inglesa do Estado do Rio de Janeiro e o Grupo de Prática Exploratória do Rio de Janeiro.

Programação: 1º Evento do Projeto Allwright - A Sala de Aula: Questões de Alunos e Professores; 8º Encontro Anual de Prática Exploratória - Professores e Alunos Construindo Parcerias.

II Encontro Nacional de Linguística _

Com o tema O ensino de linguística no Brasil.

África para além das diásporas _

A conversa buscou entender como o pensamento literário e o acadêmico podem, juntos, promover a desconstrução de estereótipos e preconceitos que contaminam o nosso olhar e nosso entendimento quando falamos dos povos do continente africano e da própria África. Convidados: Eliana Alves Cruz (jornalista e escritora) e Jacques D’Adesky  (economista, sociólogo e cientista político).

Posse do Professor Alexandre Montaury Baptista Coutinho como diretor do Departamento de Letras _

Realizada na Sala do Conselho Universitário, com a presença do Reitor, Prof. Pe. Josafá Carlos Siqueira S.J., do Vice-Reitor, Pe. Francisco Ivern Simó S.J., vice-reitores, decanos e convidados, e do ex-diretor do Departamento, Prof. Karl Erik Schøllhammer.

Colóquio Internacional Literatura e Revolução 35 anos do 25 de Abril _

Em homenagem aos 35 anos da Revolução dos Cravos.

Programação: As vias da arte, a via curta e a via longa, com António Pedro Pita (Universidade de Coimbra); A angústia da revolução, com Wander Melo Miranda (UFMG); Administração da diferença, preservação da hegemonia, com Benjamin Abdala Jr. (USP); A Revolução - modos de usar e de comunicar, com Renato Cordeiro Gomes (LET); O cotidiano pós-revolucionário na ficção de António Lobo Nunes, com Alexandre Montaury (LET); Fome e Revolução - Josué de Castro e Glauber Rocha, e Cultura e revolução em Angola, com Eneida Leal Cunha (LET); Traduzir o Império com Lobo Antunes, com Biagio D’Angelo (PUC-SP); Cardoso Pires e as formas de revolução, com Izabel Margato (LET); Um mundo virado de cabeça para baixo, com Danilo Marcondes de Souza Filho (FIL); Ética e estética na sociedade do espetáculo segundo Agamben, com Karl Erik Schollhammer (LET); Cardoso pires e a revolução - O que quer, o que pode essa escrita?, com Maria Luíza Scher Pereira (UFJF); A política Atlântica do Império Colonial português-  o caso da Confederação Luso-Brasileira (mesa-redonda com alunos da pós-graduação); encerramento com José Riço Direitinho - O conto português, da revolução ao fim de século.

Uma literatura nos trópicos: 40 anos _

Livro fundamental na crítica literária latino-americana e marco da nossa tradição ensaística, Uma literatura nos trópicos, de Silviano Santiago, completou, em 2018, 40 anos do seu lançamento. Fizeram parte do evento a exibição de uma vídeo-homenagem com depoimentos sobre o livro e uma mesa de discussão reunindo os professores Eneida Cunha (LET), Fred Coelho (LET) e Italo Moriconi (UERJ). O evento foi resultado de uma parceria entre o Suplemento Pernambuco e a PUC-Rio.

Conferencistas italianos na PUC-Rio _

O prof. Eugênio Riccomini, da Universidade de Messina, Itália, falou sobre Cultura, as artes plásticas e a vida social na época entre o barroco na Região Emília Romagna. O professor de Urbanismo da Faculdade de Arquitetura do Politéc­nico de Milão, Giuseppe Campos Venuti, e o professor de Geo­grafia Política e Econômica da Universidade de Bologna, Lucio Gambi, falaram sobre Reforma social urbana na cidade de Bologna. A iniciativa foi do Departamento de Artes com a Região da Emília Romagna e teve o apoio da Fundação Italiana de Cultura. Evento realizado no Auditório do RDC.

Seminário Vieira - 300 anos depois _

Evento organizado pela Cátedra Padre António Vieira. Aber­tura com a  profa. Cleonice  Berardinelli (LET). Palestras com a profa. Eneida Bonfim (LET), prof. Luiz Felipe Baêta Neves, (UFRJ/UERJ), prof. Nelson Rodrigues Filho (LET), profa. Margari­da Vieira Mendes (Universidade de Lisboa), profa. Adma Fadul Mohana (USP),  prof. Jorge de Souza Araújo (UFBA) e prof. Marcus Alexandre Mota (UFRJ).

X Encontro da Associação dos Estudos da Linguagem _

Programação: mesa-redonda com o tema Tendências em Análise do Discurso, com os professores Milton José Pinto (UFRJ), Lúcia Teixeira (UFF), Maria das Graças Pereira (LET) e Rosane Monnerat (UFF); Tradução de Literatura, com o prof. Paulo Britto (LET), a profa.  Heloisa Barbosa (UFRJ) e o escritor Rubens Figueiredo; O prazer do texto na sala de aula, com Jovita Maria Noronha (UFJF), Maria Inês de Mello (UFF) e Maria Ruth Fellows (CAP-UERJ); O uso da Internet em sala de aula: questões metodológicas e práticas, com as professoras Márcia Lobianco (LET) e Leila Parreira (LET); Uma abordagem funcional e estética do texto, com a profa. Maria Teresa Pereira (UERJ).

Encontro com Escritores de Língua Portuguesa _

A Cátedra Padre António Vieira de Estudos Portugueses recebe os escritores portugueses Eduardo Prado Coelho, Francisco José Viegas, Inês Pedroas, Izabel Pires de Lima, Maria Andresen de Sousa, Teolinda Gersão, além do angolano Pepetela e do moçambicano Lourenço do Rosário.

Criação de um curso de língua Tupi _

Retomando uma tradição dos tempos coloniais, inaugurou-se um curso de língua Tupi, o primeiro instalado no Rio de Janeiro (então, capital do Brasil). O curso foi oferecido pelo pe. Lemos Barbosa.

XIV Jornada de Estudos do Discurso _

Com o tema Narrativas do caos: discursos virais em tempos de pandemia, a Jornada teve como objetivo analisar os discursos que circulam na conjuntura atual, marcada pela pandemia da COVID-19, e o entorno político, com ênfase nos embates emergentes desse cenário. Participação de pesquisadores da PUC-Rio, UFRJ, Unirio, Universidade de Barcelona e UERJ. Evento transmitido através do Youtube.

V Simpósio sobre o Livro Didático de Língua Materna e Língua Estrangeira (V SILID) e IV Simpósio sobre Materiais e Recursos Didáticos (IV SIMAR) _

O evento foi uma iniciativa interinstitucional entre os Departamentos de Letras e de Artes e Design da PUC-Rio e o Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano da UFF. Em debate, a produção e uso do livro didático e a função e uso de materiais didáticos e novas tecnologias, diferentes do livro, na educação presencial e a distância, contemplando as esferas da diversidade e da inclusão.

XVI Seminário Internacional da Cátedra Padre António Vieira de Estudos Portugueses _

Com o tema Novos Realismos, sete mesas-redondas, com a participação de 24 conferencistas de universidades do Brasil, Portugal e Peru, discutiram as possibilidades de representação da realidade.

Programação: abertura com o Reitor pe. Jesús Hortal Sànchez S.J.; o Cônsul-Geral de Portugal no Rio de Janeiro, Embaixador Antônio Almeida Lima; o Vice-Reitor Acadêmico prof. Danilo Marcondes de Souza Filho; o Coordenador Central de Pós-Graduação, prof. José Ricardo Bergman; a profa. Lúcia Pacheco de Oliveira (LET); a profa. Izabel Margato (Cátedra Padre Antônio Vieira). Mesas-Redondas: Antônio Pedro Pita (Universidade de Coimbra), O neo-realismo entre a realidade e o real; Elza Miné (USP), Obrigara ver verdadeiro; Eneida Maria de Souza (UFMG), Biografar é metaforizar o real; Jorge Fernandes da Silveira (UFRJ), Sem as pe[r]nas do povo - O Real e a Análise: Saraiva leitor de Camões com alguma poesia de Cesário de permeio; Vera Follain de Figueiredo (LET), Novos realismos, novos ilusionismos; Izabel Margato (LET), Realismo ou a arte de criar mundos; Ana Cristina Chiara (Uerj), Gente quer luzir: figurações de "um outro-real, um ultra-real” no enfoque da pobreza; Benjamin Abdalla Júnior (USP), Os intelectuais e os caminhos da imaginação social: reflexões sobre o Neo-Realismo. Hoje; Eduardo Prazeres dos Santos, Um outro real olhar sobre Eça de Queirós; Janaina de Souza Silva, O Realismo Queirosiano: uma nova expressão da arte?; Lara Leal, Da irrealidade do real: uma leitura de “Nós, aqui por entre o fumo", de José Cardoso Pires;  Marcos Vidal, Da dor ao grito: uma leitura de José Gomes Ferreira; Michelle Cunha Salles, Realismo e invenção na obra de Manoel de Oliveira; Patrícia Peterle, Ignazio Silone: entre a experiência vivida e elaboração ficcional; Biagio D'Angelo (Universidad Católica Sedes Sapientiae), Páginas da vida? Entre Mimesis, Stendhal e reality show; Alexandre Montaury (LET), Criar e ativar novas realidades: a ficção em Angola e Portugal no contexto pós-74; Denilsson Lopes (UNB), Estéticas do Artifício, Estéticas do Real; Karl Erik Schollhammer (LET), Do efeito ao afeto - os caminhos do realismo performático; Maria Fernanda Abreu (Universidade Nova de Lisboa), O realismo como espaço de “ilusionismos" De Pedro Páramo (Juan Rulfo) a Volver (Pedro Almodóvar); Karim Ainoux (cineasta), Realismo e mentira; Santiago Nazarian (escritor), Sejamos Realistas: a Realidade não Existe; Renato Cordeiro Gomes (LET), Representações do Rio de Janeiro nas narrativas do século XXI: Retomo ao Real?

IV Encontro Nacional de Professores de Literatura _

Promovido pelo Departamento de Letras com o apoio da Capes. O tema principal foi uma revisão da Historiografia Literária.

Aula Inaugural do Departamento de Letras 2022.2 _

Práticas de linguagem na construção de espaços de esperança. Palestrante: profa. Claudiana Nogueira de Alencar, da Universidade Estadual do Ceará (UECE).

Seminário Autores: Histórias da Teledramaturgia _

Mesas-redondas com os dramaturgos Alcides Nogueira, Manoel Carlos, Ricardo Linhares e Gilberto Braga. Evento com apoio do projeto Globo Universidade.

Páginas