lft-logo

ditadura

Título Código Dataordem crescente Descrição
Aula inaugural "A Comissão Nacional da Verdade, seu relatório e seus desdobramentos" - jp0031_002 jp0031_002 16/3/2015 Professor Pedro Dallari ministra aula inaugural.
Aula inaugural "A Comissão Nacional da Verdade, seu relatório e seus desdobramentos" - jp0031_007 jp0031_007 16/3/2015 Fala do professor Pedro Dallari na aula inaugural.
Aula inaugural "A Comissão Nacional da Verdade, seu relatório e seus desdobramentos" - jp0031_008 jp0031_008 16/3/2015 Fala do professor Pedro Dallari no evento.
Aula inaugural "A Comissão Nacional da Verdade, seu relatório e seus desdobramentos" - jp0031_010 jp0031_010 16/3/2015 Palestra do professor Pedro Dallari na aula inaugural.
Aula inaugural "A Comissão Nacional da Verdade, seu relatório e seus desdobramentos" - jp0031_011 jp0031_011 16/3/2015 O professor Pedro Dallari ministra palestra sobre a Comissão da Verdade.
Aula inaugural "A Comissão Nacional da Verdade, seu relatório e seus desdobramentos" - jp0031_003 jp0031_003 16/3/2015 Professores na mesa observam a palestra de Pedro Dallari.
Aula inaugural "A Comissão Nacional da Verdade, seu relatório e seus desdobramentos" - jp0031_004 jp0031_004 16/3/2015 Plateia presente na aula inaugural.
Aula inaugural "A Comissão Nacional da Verdade, seu relatório e seus desdobramentos" - jp0031_005 jp0031_005 16/3/2015 Mesa com palestrantes e plateia presente na aula inaugural.
Aula inaugural "A Comissão Nacional da Verdade, seu relatório e seus desdobramentos" - jp0031_001 jp0031_001 16/3/2015 Professor Pedro Dallari ministra aula inaugural.
Aula Magna Direito à Verdade e à Memória - gf0013_002 gf0013_002 12/5/2010 A advogada Margarida Pressburger participa da Aula Magna com cartaz sobre os desaparecidos políticos.
Aula Magna Direito à Verdade e à Memória - gf0013_003 gf0013_003 12/5/2010 A advogada Margarida Pressburger durante palestra na Aula Magna.
O que resta da ditadura: A exceção brasileira - cg0114_003 cg0114_003 2010 Do prefácio: Compõem o volume artigos sobre os múltiplos aspectos do legado ditatorial no Brasil. Analisa-se a perenidade institucional e jurídica dos aparatos econômicos e securitários; a aberração brasileira em relação ao direito internacional sobre crimes contra a humanidade; o trauma social resultante da anulação do direito à memória; a herança política e as tentativas de deslegitimar o direito à violência contra um Estado ditatorial ilegal. Completam o quadro avaliações históricas sobre a maneira como as Forças Armadas relacionaram-se com a anistia e reflexões sobre a literatura diante do dever de memória.
Fotos impressas do acervo Projeto Comunicar - cg0129_460 cg0129_460 7/10/1994 Exposição sobre os 86 anos da Associação Brasileira de Impresa (ABI), Estava em cartaz no Solar Grandjean de Montigny durante a comemoração da Semana do Jornalismo.
Fotos impressas do acervo Projeto Comunicar - cg0129_261 cg0129_261 24/3/1994 O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, Oscar Dias Ferreira, participa do seminário "1964 - 30 anos depois", organizado pela PUC-Rio em parceria com a Unicamp, Casa da Gávea, Fundação Biblioteca Nacional, Cineclube Estação Botafogo e a Escola de Pós-Graduação da Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro.
Fotos impressas do acervo Projeto Comunicar - cg0129_615 cg0129_615 24/3/1994 O ex-deputado e ex-líder das Ligas Camponesas Francisco Julião participa do Seminário "1964 - 30 anos depois".
Fotos impressas do acervo Projeto Comunicar - cg0129_807 cg0129_807 24/3/1994 Palestrante em seminário sobre 1964 e seus efeitos realizado no Auditório Padre Anchieta.
Fotos impressas do acervo Projeto Comunicar - cg0129_050 cg0129_050 22/3/1994 Debate da mesa "As comunicações", durante o seminário "1964 - 30 anos depois".
Fotos impressas do acervo Projeto Comunicar - cg0129_552 cg0129_552 21/3/1994 O jornalista Milton Temer participa do seminário "As Comunicações" que fez parte do evento "1964- 30 anos depois".