lft-logo

Falecimento do Prof. Paulo Veloso (INF)

19/11/2020

Nota do Departamento de Informática:

Ciência perde Paulo Veloso, expoente em Teoria de Computação e Lógica

Professor que contribuiu para a consolidação do DI faleceu aos 76 anos

Referência na área de Teoria da Computação e Lógica, o ex-professor do Departamento de Informática (DI) da PUC-Rio Paulo Augusto Silva Veloso morreu, no sábado (14), aos 76 anos, em virtude de um câncer. O sepultamento aconteceu no domingo (15), no cemitério São Francisco Xavier. Haverá uma missa virtual nesta sexta-feira (20), às 18h, que pode ser acessada neste link.

Como professor do DI de 1977 até 1995, Veloso foi um dos pilares do Departamento e teve atuação de destaque internacional nas áreas de Lógica e Teoria da Computação. Ele contribuiu para a formação de numerosos mestres e doutores, entre os quais o atual diretor do DI, Markus Endler, cuja dissertação de mestrado orientou. O professor passou a atuar na UFRJ, mas nunca deixou de frequentar a PUC-Rio e de colaborar com antigos colegas do departamento.

“Tive o privilégio de ter sido o seu orientando de mestrado em 1986, fato que marcou a minha vida e carreira. Ele foi um mestre extremamente generoso com todos os seus alunos. Com sua competência científica ímpar e seu jeito sempre gentil, sereno e amigo, ajudou a formar uma imensa legião de amigos e colegas acadêmicos e profissionais”, lembra Endler.

Edward Hermann, docente do quadro principal do DI, trabalhou lado a lado com Veloso nos últimos anos, como na pesquisa sobre Fundamentação de Inteligência Artificial. “Foi meu professor e orientador de mestrado, me apresentou diversas áreas de Lógica, Matemática e Ciência da Computação, com que hoje eu trabalho. Além de mim, influenciou um monte de ex-alunos e muita gente fora do Brasil, que ele visitava”, afirma o pesquisador.

Hermann lembra que Veloso era conhecido por fazer apenas uma pergunta em defesas e apresentações de seminários e trabalhos em congresso. A pergunta geralmente causava grande impacto. “Estávamos editando um Festschrift [livro-homenagem] para ele pela College Publications (Imperial College London), intitulado ‘A Question is more Illuminating than an Answer’”, contou Hermann.

Veloso desenvolveu em 1984 a Teoria Geral dos Problemas, usada até hoje junto com a Teoria de Problemas do Kolmogorov, russo que é um dos fundamentadores da Teoria da Probabilidade. Outra contribuição importante foi o Teorema da Modularização, na década de 90, em que ele mostra como se fundamenta a teoria de desenvolvimento de software, de sistema.

Por sua valorosa contribuição, Veloso recebeu homenagens e premiações, como o Prêmio Almirante Álvaro Alberto para Ciência e Tecnologia: Área de Informática, do CNPq, em 1993; Prêmio Cientista do Nosso Estado pela FAPERJ, em 2002; foi eleito membro do CLE: Centro de Lógica, Epistemologia e História da Ciência da UNICAMP, em 2003; e em 2014 foi omenageado em seu aniversário de 70 anos, no Encontro Brasileiro de Lógica.

Além deste importante legado para a área de Lógica e Teoria da Computação no Brasil, ele deixa a esposa, Sheila Veloso e as filhas, Paula e Flávia.

O Programa de Engenharia de Sistemas e Computação da UFRJ publicou a nota a seguir:

Nota de Pesar: Paulo Augusto Veloso nos deixa

O Programa de Engenharia de Sistemas e Computação, consternado, comunica com pesar o falecimento do Prof. Paulo Augusto Veloso no dia 14 de novembro de 2020.

Prof. Paulo Veloso, que também atuou na PUC-Rio e na UFF, foi professor titular aposentado da UFRJ e membro ativo do corpo docente do PESC.

Sua personalidade gentil, vigor científico, seriedade e comportamento ético apoiaram a evolução do conhecimento e a formação de muitos pesquisadores em Lógica e Teoria da Computação.

Prof. Paulo Veloso. Fonte: site do Departamento de Informática da PUC-Rio.
Prof. Paulo Veloso. Fonte: site do Departamento de Informática da PUC-Rio.